A nova juventude

João Vítor Perozzo | Curador de Conteúdo da Elri Net

 

De acordo com pesquisa publicada pela Euromonitor, há uma tendência no comportamento do consumidor que é extremamente relevante discutir sobre. Com o aumento significativo para a expectativa de vida – num panorama global, os idosos estão encarando o processo de envelhecimento não mais como algo a ser temido ou negado, mas sim abraçado e, principalmente, conversado sobre.

Os novos velhos

A geração nascida entre 1946 e 1964, também conhecidos como Baby Boomers, não se identifica enquanto idosa e não quer ser tratada como. Tudo isso, pensando na forma tradicional de tratar uma pessoa que atingiu a melhor idade. Esse público está buscando uma atualização constante e não fica para trás quando se trata da tecnologia, de aplicativos ou redes sociais.

Essa mesma pesquisa cunhou o termo Age Agnostic – Agnóstico de Idade, em tradução livre – que significa que esse público não acredita que o envelhecimento tenha qualquer relação com “piorar” o estilo ou qualidade de vida. Os Baby Boomers estão ajudando o mundo inteiro a dar um novo significado ao que entendemos por tornar-se idoso.

Esse público está procurando produtos e serviços que ajudem a manter sua jovialidade mental e física, sem tentar alterar o que tem, apenas sendo e aparentando sua melhor versão. Isso é abraçar e viver a melhor idade, de fato.

Comportamento pra lá de jovem

35% dos Agnósticos da Idade concordam ou concordam fortemente com o ideal de curtir a vida sem precisar se preocupar com o futuro. Essa porcentagem chega a ser maior do que é apresentado na geração Z (nascidos a partir de 1995).

Embora tenha o pensamento jovem e a sede de mudança, essa faixa etária ostenta uma média salarial acima de todas as demais. A pesquisa mostrou, ainda que, os Baby Boomers, estão em cargos de chefia ou herdaram valores significativos de seus pais e apresentam um salário 28% maior que o grupo mais próximo. A pesquisa ainda aponta que esse grupo terá um crescimento financeiro considerável (entre 22% e 26%) até 2025.

Vendo por esse lado, os Agnósticos de Idade são um grupo demográfico altamente lucrativo para o marketing de compras discricionárias. Alguns exemplos de negócio que tem uma alta taxa de aceitação são: de casas de férias, relógios de luxo, suplementos nutricionais, tratamentos de beleza e um vasto espectro de produtos e serviços Premium.

Nas palavras de uma especialista

            Zandi Bremner, chefe de Inovação do Cliente, afirma que é fundamental ter uma abordagem emocional acerca do envelhecimento. O ideal é fazer com que os serviços e produtos tornem-se mais universais e acolhedores.  A consultora recomenda aceitar todos na criação de design universal entre gerações, abrindo mão de conceituações óbvias. As empresas devem abordar o envelhecimento demográfico em aproximações sutis e diferenciadas, afastando-se da segmentação que os enxerga apenas como velhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *