Crédito: uma forma sustentável de crescer o seu negócio*

O crédito é uma das ferramentas mais antigas de vendas. Através desta prática, os tomadores de crédito, consumidores PF e PJ, adquirem bens e serviços que não caberiam no orçamento se comprados e contratados a vista. Com a concorrência acirrada e a grande oferta de produtos no mercado, um grande desafio das empresas, gira em conquistar e manter o cliente ativo em sua empresa.
Neste cenário, criar possibilidades e diferenciais nas organizações, ganha atenção especial dos empresários que constroem com profundidade as melhores experiências no ponto de venda, para seus clientes. Apesar disso, no que tange a finalização da venda, o pagamento, procuram acompanhar a migração do mercado, para crescente utilização de cartões, por sua praticidade e comodidade, com o simples argumento de segurança nas transações. Ou seja, criam um conjunto de oportunidades que se encerra numa “passada” de cartão.
Permanecer no mercado competitivo, requer estratégias em todas as áreas e ofertar condições e prazos aos consumidores, permite crescimento da carteira de cliente, fidelização, novas oportunidades de vendas, redução nos custos em busca por novos clientes.
Segundo dados divulgados no Valor Econômico, em setembro de 2017, extraídos do Sistema de Informações de Crédito do Banco Central, o SCR, do total da população bancarizada menos de 40% utilizam suas contas bancárias para algo além do recebimento mensal de salários e remunerações fixas como pensão etc. Outro dado divulgado pela revista Exame, no mesmo período, diz que a população desbancarizada movimenta 665 bilhões de reais, ao ano, maior que o PIB de países como Chile e Cingapura.
Qual o impacto no mercado? Grande parte destes consumidores para conquistarem produtos e serviços, adotaram o crediário como forma de pagamento, para suas compras e vão em busca de empresas que proporcionam está opção no mercado. Se o cliente entende que para suas compras, o crediário, é uma facilidade e um benefício, as empresas devem enxergar como uma vasta oportunidade de novos ganhos, uma vez que, podem ampliar seu faturamento atingindo pessoas que não possuem condições de comprar à vista, ou até mesmo por não serem detentoras de cartões de crédito ou limites compatíveis na aquisição de certos produtos.
Grandes varejistas nacionais, a exemplo, das Lojas Renner, Colombo, Magazine Luiza e Havan, investem fortemente em tecnologias para manter a modalidade de crediário, como o principal meio de pagamento, pois os benefícios obtidos proporcionam seus constantes crescimentos no mercado brasileiro.
Tecnologia atrelada a inteligência artificial que assegura a gestão da inadimplência, na carteira de clientes, não é uma ferramenta disponível somente a grandes varejistas e sim recursos de análise de crédito disponíveis em banco de dados, como o SCPC, disponibilizado pelo SINDILOJAS de Caxias do Sul.
A cidade de Caxias do Sul possui um público de aproximadamente 400 mil pessoas economicamente ativa, sendo 50,15% mulheres e 57,90% destas pessoas consideradas de baixo e baixíssimo risco, dos quais 34% possuem propensão de compras ao crédito. Estas informações trazem algumas reflexões, mas a principal é: Eu estou aproveitando está oportunidade?!
O crédito é uma excelente fórmula de crescer seu negócio de modo sustentável, no entanto, para obter sucesso na gestão do crédito, há necessidade e aplicação de ferramentas, política de crédito e gestão do risco que a empresa está exposta. Analisar o perfil do cliente, identificar a capacidade de pagamento, mensurar o risco, considerar as condições do mercado é tarefa primordial dos analistas de crédito, porém as ferramentas devem ser proporcionadas pelos empresários, assim terão condições de chegar ao cenário positivo ou negativo do cliente.
Vale lembrar, que o investimento em análise de crédito, visa impulsionar os negócios, mas principalmente minimizar o risco da inadimplência nas operações. Contudo, ambas as ações buscam o aumento das vendas reduzindo tempo e custos operacionais.
Fonte: Jornal Econômico 2017/09; Revista Exame 2017/09; BVS 2018/10.

* Denise Pires, supervisora Comercial da CDL de Porto Alegre, com 20 anos de experiência na comercialização e desenvolvimentos de serviços voltados à gestão de risco das operações de crédito e cobrança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *