Mais de sete bilhões de pessoas no mundo, mas ainda assim, você é único!

João Vítor Perozzo | curador de conteúdo Elri.net

Ao adquirir um produto ou serviço, o cliente tem o intuito de resolver um problema. No entanto, é importante que a experiência de compra seja positiva e impactante. Uma das principais formas de gerar esse impacto é fazer o cliente sentir-se único e valorizado pela empresa.
O princípio desse ideal reside no Marketing de Conteúdo.

Entenda mais sobre:
Esse segmento compreende ações que constroem e disseminem a marca. O intuito é prospectar novos leads, fidelizar clientes e gerar autoridade no mercado.
O resultado é fazer com que os clientes se tornem aliados. Afinal, a recomendação “boca a boca” sempre possuiu grande poder de persuasão. Ainda mais agora, com a ascensão de influenciadores digitais, uma marca que preza pela experiência do usuário tem grande potencial de crescimento e reconhecimento. Isso ocorre, pois o marketing de relacionamento prevê resultados em longo prazo.Visto que a empresa deve construir uma relação contínua e progressiva com o cliente.

Como eu posso fazer isso?
Se você tem o intuito de tornar um prospect em divulgador da marca, é necessário oferecer uma experiência única. Aqui vão algumas dicas que podem servir de primeiro passo para que seu cliente se sinta valorizado:

1 – Personalização e identificação são valores importantes na hora da compra

Quando se há o intuito de se aproximar de alguém, é necessário direcionar mensagens e conteúdos à pessoa. Por isso, o uso de mensagens prontas e/ou atitudes mecanizadas não é aconselhado.

Por exemplo, em uma loja de calçados, é importante notar o estilo do cliente ao entrar e pensar em produtos que combinem com suas roupas e acessórios.
Caso o cliente já seja conhecido do local, é importante notar qual estilo
interessa a ele e, de forma amigável, direcioná-lo a isso.

2 – O cliente precisa ser um amigo
Por meio do Instagram, Facebook ou até mesmo WhatsApp, você pode realizar uma manutenção constante da relação entre a marca e o cliente. A dica é estar aberto a ouvir o cliente e entregar aquilo que irá agradá-lo.

Por exemplo, quando um cliente fizer cadastro, peça seu telefone de WhatsApp para convidá-lo a participar de eventos ou enviar novidades acerca de produtos que sejam do gosto da pessoa. Tudo isso como se a Brand Persona da marca estivesse conversando com um amigo.

3 – Segmente seu conteúdo para cada rede social
As redes sociais possuem públicos diferentes e demandas diferentes de mensagem. Portanto, é importante entender que tipo de postagem se adequa a cada plataforma e como isso pode impactar seu público com mais qualidade.

O Twitter é uma ótima ferramenta para um SAC rápido e aberto entre usuário e marca. Já o Instagram é uma ótima plataforma para consolidar a marca como autoridade.

Por fim, vale investir no Marketing de Relacionamento?
Em um mercado de trabalho onde diversas empresas entregam um produto igual ou semelhante, é importante possuir aquele “quê” a mais que atraia clientes e os fidelize. Logo, investir no marketing de relacionamento é investir na  sobrevivência, renovação e sucesso da marca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *