Fecomércio-RS lança cartilha sobre o Pix

A cartilha aborda 10 pontos centrais sobre o Pix, tudo para que você entenda como esse lançamento mudará a sua vida e impactará na sua empresa.

Com o intuito de esclarecer sobre o mais novo meio de pagamento anunciado pelo Banco Central (BC), a Fecomércio-RS lança a cartilha “Pix: veja como o novo meio de pagamento vai afetar a sua vida e o seu negócio”. O documento orientador reúne informações oficiais do BC e também tem como fonte a superintendente da área de Soluções de Meios de Pagamento do Sicredi, Gisele Rodrigues, que gravou um podcast para a Fecomércio-RS sobre o assunto. Clique no link para acessar: http://fecomercio-rs.org.br/lp/pix/.

A cartilha aborda 10 pontos centrais sobre o Pix, tudo para que você entenda como esse lançamento mudará a sua vida e impactará na sua empresa. Veja abaixo os tópicos abordados:

– Começando do começo: o que é o Pix?

– O Pix não é uma iniciativa do banco A ou B, mas um sistema regido pelo Banco Central

– Como vai funcionar, na prática, as transferências e os pagamentos?

– Entenda a diferença entre QR Codes Estáticos e Dinâmicos

– Que tipos de transferência podem ser feitas com o Pix?

– O Pix é seguro?

– Calendário de lançamento

– Tem custo para pessoa física ou jurídica?

– O que eu posso pagar com o Pix?

– Quais os benefícios do Pix para as empresas?

Sobre o Pix

Fazer pagamentos e transferências em tempo real, 24 horas por dia, 7 dias por semana, em todos os dias do ano: isso será possível com o Pix, anunciado pelo Banco Central em fevereiro deste ano e que entra em vigor agora em novembro. A nova forma de pagamento vem se somar a outras – como DOC, TED, boleto – mas promete transformar a maneira de pagar contas e fazer transferências, tanto no caso de pessoa física quanto de pessoa jurídica, já que o novo sistema prevê a transferência de dinheiro em até 10 segundos, ou seja, de forma instantânea. A única condição para que a operação se concretize é que o recebedor aceite o Pix.

Perdeu o podcast da Fecomércio-RS sobre o Pix? Acesse aqui.