Sindilojas Caxias disponibiliza novo lote de testes rápidos de Covid-19 para o comércio

O Sindilojas Caxias informa que o primeiro lote de testes rápidos (igG/igM) de Covid-19 está esgotado. O novo lote já foi adquirido e estará disponível para aplicação a partir da próxima terça-feira (08.09) para comerciantes e funcionários com valor acessível. Para associados ao Sindilojas Caxias (categoria e não categoria) e seus funcionários, bem como usuários SESC/SENAC, o investimento para cada teste é de R$25,00 e para não sócios (categoria) por R$36,00. Os testes devem ser agendados pelo telefone 54 4009.5555.   

A testagem será realizada na Sede do SESC (Rua Moreira César, 2462) com profissional qualificado na área da saúde cedido pelo SESC. O teste rápido (IgG/IgM), certificado pela ANVISA, detecta os anticorpos, IgM e IgG, identificando se o paciente já teve ou não o vírus ou foi exposto a ele e se está ou não na fase ativa da doença. O resultado fica pronto entre 10 a 20 minutos após a testagem, que é feita através da coleta de uma gota de sangue na extremidade do dedo, semelhante ao teste de glicose.  

A inscrição e o pagamento podem ser feitos pelo link http://bit.ly/novo-lote-testes-covid-comercio

 

Somente será permitida a realização dos testes em pessoas assintomáticas com idade a partir de 18 anos. O uso de máscara é obrigatório.    


Serviço    

Quando: De 08 a 12 de setembro, das 8h30min às 12 horas e das 13h30min às 17h30min   

Quanto: Para usuários do SESC/SENAC com carteirinha dentro do prazo da validade, associados Sindilojas (categoria e não categoria), em dia com o setor financeiro: R$25,00. O pagamento pode ser feito pelo site do Sindilojas, por meio de boleto à vista.    

Não sócios da categoria: R$36,00 podem adquirir os testes com pagamento à vista.    

Onde: Sede do SESC (Rua Moreira César, 2462)   

Como: os testes são feitos por agendamento pelo telefone 54 4009.5555. Após o pagamento, será marcado em até 48 horas.   

A inscrição e o pagamento podem ser feitos pelo link http://bit.ly/novo-lote-testes-covid-comercio