Notícias

Museu do Comércio aberto à visitação na Semana de Caxias

08 de Junho, 2022 - Notícias Gerais

Sindilojas Caxias está disponibilizando atendimento entre os dias 14 a 20 de junho para alunos da rede municipal de ensino, sob agendamento.

Criado com o objetivo de preservar a memória do comércio do final do Século XIX, o Museu do Comércio vai receber a visita de alunos da rede municipal de ensino durante a Semana de Caxias, de 14 a 20 de junho, sob agendamento, com acesso gratuito. 

Os estudantes são convidados a vivenciar uma viagem no tempo ao entrar na casa 9 da Réplica de Caxias do Sul de 1885, no Parque de Exposições Mário Bernardino Ramos: o Museu do Comércio. O espaço, mantido pelo Sindilojas Caxias, é uma reprodução de um Armazém de Secos e Molhados de Caxias do Sul.  

Com mais de 20 anos de história, o Museu conta com um acervo que remete às antigas casas comerciais. Objetos de uso pessoal para a família dos colonizadores e para a lavoura, ferraria, utensílios, e alimentos, compõe o cenário que reproduz fielmente as conhecidas “bodegas” da época em que os imigrantes chegaram à cidade.  

                 

Serviço 

O Sindilojas Caxias vai realizar o atendimento no Museu do Comércio, durante a Semana de Caxias, entre os dias 14 a 20 de junho, das 8 às 17 horas, para alunos da rede municipal de ensino. 

Para agendar as visitas, é preciso entrar em contato pelo telefone (54)4009.5512, com Daniel. 

  

Sobre o Museu 

O Museu do Comércio, inaugurado em 2000, na Gestão de Ricardo Golin e repaginado por Ivanir Gasparin, retrata um Armazém de Secos e Molhados de Caxias do Sul no final do Século XIX, que permite aos turistas e comunidade ter contato com peças que relembram a trajetória histórica do comércio de Caxias do Sul.  O Museu conta com um acervo de objetos, móveis, ferraria, chapéus e alimentos: uma reprodução de um estabelecimento comercial da época em que os imigrantes iniciavam as atividades econômicas em Caxias do Sul.  

 

Histórico do comércio em Caxias do Sul 

Com a chegada dos imigrantes italianos à Serra Gaúcha, a partir de 1875, a economia local começou a se estruturar, com a agricultura e o comércio. Os colonos produziam tudo o que fosse possível em casa, para a própria subsistência. Para adquirir outros alimentos e produtos de necessidade da família, utilizavam o sistema de troca, que deu início ao comércio. Três anos depois, logo no início da organização e povoamento da Colônia Caxias, havia 10 armazéns de Secos & Molhados na sede, além de outras 85 casas comerciais espalhadas pelos travessões e léguas para uma população de 3.849 habitantes. 


Galeria

Sindicato do Comércio Varejista de Caxias do Sul

Intervene