Notícias

Museu do Comércio é atração na Festa da Uva

21 de Fevereiro, 2022 - Notícias Gerais

Visitantes e comunidade caxiense vão poder conhecer a história do comércio e se encantar com memórias da cultura local na réplica 9 do Parque de Exposições.

O Sindilojas Caxias vai estar presente na Festa Nacional da Uva 2022 “Juntos outra vez” com o Museu do Comércio na casa 9 da Réplica de Caxias do Sul de 1885, no Parque de Exposições Mário Bernardino Ramos. 

Atração em mais uma edição da Festa da Uva, o Museu do Comércio, inaugurado em 2000, retrata um Armazém de Secos e Molhados de Caxias do Sul no final do Século XIX, que permite aos turistas e comunidade ter contato com peças que relembram a trajetória histórica do comércio de Caxias do Sul.  

O Museu conta com um acervo de objetos, móveis, ferraria, chapéus e alimentos: uma reprodução de um estabelecimento comercial da época em que os imigrantes iniciavam as atividades econômicas em Caxias do Sul: “Fazer parte mais uma vez da Festa da Uva com as portas abertas do Museu do Comércio é motivo de alegria para o varejo de Caxias. Queremos com essa iniciativa que se renova há 22 anos despertar lembranças entre os descendentes dos italianos que viveram na região e compartilhar nossa cultura, hábitos e costumes com os turistas. A nossa história se fortalece como patrimônio cultural do desenvolvimento do comércio”, declara a presidente do Sindilojas, Idalice Manchini. Ela recorda a importância de ambientar os estabelecimentos comerciais com o tema da festa e também de preparar as equipes de atendimento para o acolhimento dos visitantes e comunidade em geral: “Com a Festa da Uva, a economia se movimenta e o nosso segmento agradece”. 

O atendimento no Museu do Comércio será feito pelo Sindilojas Caxias no mesmo horário de funcionamento do Parque de Exposições da Festa da Uva, ou seja, de segunda à sexta-feira, das 11 às 22 horas e aos sábados, domingos e feriados das 10 às 22 horas. 

 

Histórico do comércio em Caxias do Sul 

Com a chegada dos imigrantes italianos à Serra Gaúcha, a partir de 1875, a economia local começou a se estruturar, com a agricultura e o comércio. Os colonos produziam tudo o que fosse possível em casa, para a própria subsistência. Para adquirir outros alimentos e produtos de necessidade da família, utilizavam o sistema de troca, que deu início ao comércio. Três anos depois, logo no início da organização e povoamento da Colônia Caxias, 10 armazéns de Secos & Molhados na sede, além de outras 85 casas comerciais espalhadas pelos travessões e léguas para uma população de 3.849 habitantes. 


Galeria

Sindicato do Comércio Varejista de Caxias do Sul

Intervene